IDEAC Instituto para o Desenvolvimento Educacional, Artístico e Científico


Deixe um comentário >

Que tal participar dos nossos encontros para debater temas variados, sempre relacionados com a fase do envelhecimento? Em fins de tarde, numa segunda-feira, ou numa quarta-feira, em grupos pequenos, orientados por um profissional que entende do assunto. A proposta é dar liberdade para expor ideias com respeito e sentimentos, compartilhar experiências sem preconceito e fortalecer vínculos de relacionamentos entre pessoas que desejam continuar aprendendo e querem se manter ativas e atualizadas.

Conheça nossa programação e os palestrantes!

As vagas são limitadas: até 15 participantes

Local: Rua Pamplona, 1326 – cj. 111 – Jardim Paulista -SP

Inscrições abertas através do email: ideac@uol.com.br

ou pelo WathsApp : (11) 99946-3554

Valor do investimento: R$ 20,00 (cada palestra)

Programação

Segundas e Quartas | Das 18h30 às 20h

DATA DIA PALESTRANTE Tema
 

25/03

 

Lourdes Junek Cuidador Familiar
 

27/03

 

Eneas Canhadas Constelação Familiar
 

08/04

 

Valeska Nakad Desigualdade tecnológica entre as gerações
 

10/04

 

Lucy de Araujo Envelhecer com Arte
 

22/04

 

Equipe Diálogo em Família: Maria Rita/Lisete/ Antonieta e Cinthya Sentir/Pensar/Agir – Mediação de conflitos
 

24/04

 

Greicy Taylor Tudo o que você queria saber sobre dinheiro e não tinha a quem perguntar
 

06/05

 

Augusto Mazzola Meditação nos dias de hoje
08/05

 

Marcelo Valio Medicina Alternativa
 

20/05

 

Jorge Julião A arte de envelhecer fazendo Arte
 

22/05

 

Santana Filho Fazer arte em qualquer idade
 

10/06

 

Jader Andrade Cuidados Paliativos
26/06  

 

Suely Tonarque Envelhecimento e Roupas – as mudanças do corpo

Palestrantes

Augusto César Mazzola – Fisioterapeuta pela FMUSP. Um dos precursores no Brasil da Reeducação Postural Global (RPG) de Philipe E. Souchard e do Método Résseguier da Harmonização do Corpo Sensível. Foi professor universitário. Desde 1996 desenvolveu o método Reorganização Estrutural Corporal (REC). Atende em clínica particular.

Diálogo com mais velhos em família – Equipe formada por: Antonieta Porto: Pedagoga pela UNICAMP. Mediadora de Conflitos pelo Instituto Mediativa, facilitadora de Justiça Restaurativa. Participa  do Grupo Rever Mediadores, do Instituto NOOS e do Instituto Mediativa. Trabalha em ONGS. Igrejas, escolas, CEJUSC, atendimentos particulares e voluntários.

   Cyntia Venetianer: Graduada pela FAAP em Design Gráfico e Pós-Graduada em Administração e Marketing. Mediadora de Conflitos pelo Instituto Mediativa, com Especialização em Teoria Sistêmica Aplicada à Família; formada pelo IIRP – International Institute for Restaurative Pratices.  Atua como facilitadora de Justiça Restaurativa e Círculos Familiares e como mediadora judicial no Fórum Regional de Santana.

   Lizete Prata: Graduada em Ciências Sociais pela UNICAMP e pós-graduada em Antropologia. Especialização em Teoria sistêmica para o trato com Famílias, no ITF. Mediadora de Conflitos pelo Instituto Mediativa, do qual é diretora e facilitadora de Justiça Restaurativa. Atua no setor privado, no Lar das Crianças, no Instituto NOOS e no Fórum de Santana.

   Maria Rita A. Lovro:  Graduada em Administração de Empresas pela FGV. Mediadora e facilitadora de Justiça Restaurativa. Atua na área privada, no CEJUSC do Fórum Jabaquara em projetos sociais e na OAT. Associada ao Grupo REVER, aos Institutos NOOS e Mediativa.

Eneas Canhadas – Psicólogo pela Faculdade Metodista e Pedagogo pela PUC-SP. Especializado em Fenomenologia pelo Instituto Dasein Análise. Certificação em Focalizadores de Constelações Familiares, ministrado por Mimansa Farney, assistente e colaboradora de Bert Hellinger. Atuou em Desenvolvimento de Pessoal em RH e foi professor universitário. Atende em consultório particular.

Greicy Taylor – Graduada em Administração pela PUC-SP e pós-graduada em Comércio Exterior pela Universidade Mackenzie. Certificação em Coaching Financeiro pelo ICF – Instituto de Coaching Financeiro, Rio de Janeiro, além de vários cursos na área de Educação Financeira. Atua no mercado financeiro em bancos de varejo e corporativos, estrangeiros e brasileiros.  Professora Convidada do MBA de Executive Banking e Mercado de Capitais da UNIP-SP, coautora nos livros: “Superação”; “Do Sonho à Conquista” e “Qualidades de um Grande Líder”, todos da Momentum Editora.

Jorge Julião – Ator, diretor profissional desde 1977. Fundador do Grupo Rádio Ilusão em 2000. Professor de Interpretação para jovens de comunidades no Projeto “Teatro Cidadão”. Professor de Dança para grupos da Maturidade e professor de teatro para Jovens portadores de Síndrome de Down no Projeto “Simbora Gente”.

José Santana Filho – Médico, psicoterapeuta e escritor. Autor de: “O rio que corre estrelas’; O beijinho e outros crimes delicados’; “A casa das Marionetes” (indicado entre os 10 melhores romances de 2015, concorreu ao prêmio São Paulo de Literatura, promovido pelo Governo do Estado de São Paulo); e “Flor de Algodão”. Faz parte do grupo de produção e discussão literária ‘Clube das Três’.

Jader S. Andrade – Médico pela Universidade Federal de Minas Gerais. Tem especializações em Cardiologia Clínica, Envelhecimento e Saúde do Idoso.  Em São Paulo, atuou no Hiléa – Centro de Vivência para a Maturidade; no Hospital Premier e no SBA Residencial (da Sociedade Beneficente Alemã).  Atualmente é   Integrante do Serviço de Atenção Domiciliar /Programa Melhor em Casa, do Ministério da Saúde. Atende pacientes idosos em domicílio.

Lucy de Araujo – Pedagoga pela FMU/SP. Atuou em Treinamento de Pessoal no Banco Mercantil de SP e como professora e coordenadora pedagógica no Ginásio Experimental Dr. Edmundo de Carvalho, em São Paulo. Fundadora da Oficina de Artes Adelaide Araujo na Associação Brasil Parkinson. Artista plástica; aquarelista.

 Marcelo de Almeida Valio – Médico pela Universidade de Mogi das Cruzes. Especialista em Nutrologia pela Associação Médica Brasileira / Conselho Federal de Medicina. Pós-graduado em Medicina Bio-ortomolecular e em Medicina Funcional (EUA). Presidente da Sociedade Brasileira de Medicina Funcional.

Maria de Lourdes Mendes de Oliveira Junek – Psicóloga pela Universidade de Santo Amaro. Cursos de extensão em: Capacitação Formadora de Cuidadores de Pessoas Idosas, pela Faculdade de Enfermagem da USP; Oficina de Memória Autobiográfica – Teoria e Prática, pelo Programa de Estudos de Pós-graduação em Gerontologia da PUC-SP. Coordenadora dos Cursos para Formação de Cuidadores do IDEAC. Atendimento psicoterapêutico de idosos em domicílio

Suely Tonarque – Psicóloga pela Faculdade Nossa Senhora Medianeira. Pedagoga e Mestre em Gerontologia pela PUC-SP , dissertou sobre o tema “Incursão na moda e a realidade atual”. Empresária, atua na área da moda e de vestir mulheres há 30 anos. Atende todas as idades, mas com olhar apurado para aquelas com 50 anos ou mais.

Valeska Nakad – Desigualdade Tecnológica entre as gerações.
Mestre em Comunicação Contemporânea pela Universidade Anhembi Morumbi. Graduada em Desenho Industrial pela PUC do Paraná. Especialização em Negócios da Moda pela Universidade Anhembi Morumbi e em Business Communications pela Florida International University (FL-USA). Professora universitária e coordenadora pedagógica na Faculdade de Belas Artes (SP). Consultora de Gestão de Negócios da Moda e Gerente de Projetos em várias empresas.

Anúncios


Deixe um comentário >

Comece já a pensar na fantasia e garanta seu convite para o Carnaval à moda antiga do Ideac, marcado para o dia 23 de fevereiro, das 15h30 às 20h30, na Casa do Jasmin, à Rua José Maria Lisboa, Jardim Paulista.

Para garantir a animação do Carnaval à moda antiga a direção do Ideac foi chamar quem entende do assunto: a DJ Duca Amaral promete comandar a festa sem interrupção com muitas marchinhas e outras surpresas.

Duca trabalha com desenvolvimento de software, mas há alguns anos resolveu responder ao chamado da música, foi aprender flauta doce e em seguida fez vários cursos de DJ e produção de música eletrônica. Depois comprou a sua mesa de som totalmente equipada e não parou mais.

Ela adora o que faz e tem animado várias festas, inclusive bailes de salão. Para ela, não tem ritmo preferido: da salsa ao merengue, passando pelo rock, samba e músicas de todos os tempos. “Não pode ter preconceito na música. O importante é fazer com que as pessoas dancem e curtam as festas. Eu me divirto muito fazendo isso”, ela diz.

Carnaval à moda antiga

Para rir, cantar e dançar conosco basta se inscrever e escolher uma fantasia para entrar no clima (alugar, comprar, criar, improvisar com máscaras e alguns toques especiais, mas tem que ir fantasiado para entrar no clima) e reunir toda alegria para a nossa festa. Pode caprichar porque mais uma vez temos o Concurso de Fantasias e outros.

Além da música e brincadeiras, para refrescar o calor há cerveja, água e sucos. Para repor as energias durante a folia, temos comidinhas (bufê com entradas e crepes salgadas e doces). O custo? Para essa tarde animadas e interessante o custo é R$ 110,00. Faça sua inscrição e apareça.  Chame amigos e parentes. Crianças também podem participar e até 10 anos não pagam.

Carnaval à moda antiga do Ideac

Dia: 23/02

Horário: Das 15h30 às 20h30

Local: Casa do Jasmin, à Rua José Maria Lisboa, 1145, Jardim Paulista, São Paulo

Ingressos: R$ 110,00, incluindo animação, bebidas (água, cerveja e refrigerantes) e comidinhas

Inscrições pelo e-mail cadastro@ideac.com.br ou pelos telefones (11) 3885-0091 e 99946-3554

 

 

 

 


Deixe um comentário >

Comece já a pensar na fantasia e garanta seu convite para o Carnaval à moda antiga do Ideac, marcado para o dia 23 de fevereiro, das 15h30 às 20h30, na Casa do Jasmin, à Rua José Maria Lisboa, Jardim Paulista. A festa terá animação da DJ Duca Amaral.

Quem foi no primeiro adorou e se divertiu muito. Por isso o melhor é garantir logo a sua vaga. O Ideac, mais uma vez, quer reviver parte dessa magia e os organizadores garantem que não vão faltar serpentina, marchinhas, fantasias e muita animação, como nos velhos Carnavais.

Para rir, cantar e dançar conosco basta se inscrever e escolher uma fantasia para entrar no clima (alugar, comprar, criar, improvisar com máscaras e alguns toques especiais, mas tem que ir fantasiado para entrar no clima) e reunir toda alegria para a nossa festa. Pode caprichar porque mais uma vez temos o Concurso de Fantasias e outros.

Além da música e brincadeiras, para refrescar o calor há cerveja, água e sucos. Para repor as energias durante a folia, temos comidinhas (bufê com entradas e crepes salgadas e doces). O custo? Para essa tarde animadas e interessante o custo é R$ 110,00. Faça sua inscrição e apareça.  Chame amigos e parentes. Crianças também podem participar e até 10 anos não pagam.

Sobre a Casa do Jasmin

Casa do Jasmin é um espaço múltiplo e acolhedor localizado no coração dos Jardins, com toda infraestrutura para eventos especiais.

Carnaval à moda antiga do Ideac

Dia: 23/02

Horário: Das 15h30 às 20h30

Local: Casa do Jasmin, à Rua José Maria Lisboa, 1145, Jardim Paulista, São Paulo

Ingressos: R$ 110,00, incluindo animação, bebidas (água, cerveja e refrigerantes) e comidinhas

Inscrições pelo e-mail cadastro@ideac.com.br ou pelos telefones (11) 3885-0091 e 99946-3554

 

 

 

 


Deixe um comentário >

Dia 7 de dezembro o cantor fará uma única apresentação no Teatro J. Safra, inspirado nos grandes clássicos de sua carreira. Em única apresentação, com uma banda intimista e convidados especiais, o cantor promete levar ao público momentos de muito amor, emoção e surpresas ao apresentar um repertório com clássicos como “Ave Maria”, “Mia Gioconda”, “La Barca”, “New York, New York”, “Tormento d’Amore” e “Maria, Maria”.

Consagrado como um dos grandes nomes da música brasileira por seus mais de 60 anos de carreira, Agnaldo cantará seus principais sucessos com a participação especial de grandes nomes da música brasileira, como o cantor de sambas e serestas Roberto Seresteiro. A cantora e compositora lírica Giovanna Maira também o acompanhará em obras consagradas da música erudita. Com um estilo mais romântico e refinado, o cantor e compositor paulista Alexandre Arez e o cantor à moda antiga Marcio Gomes também subirão ao palco e prometem emocionar o público.

Agnaldo não teme a velhice e também deu seu depoimento para o Ideac: “Não me preocupo com o envelhecimento. É um processo normal, natural. Apesar dos meus 60 anos de carreira, não sinto o peso da idade nem me

enxergo como um velho (no mau sentido da palavra). Não tenho problema de saúde sério, o que ajuda. Procuro levar uma vida saudável, cuido da

alimentação. Adoro ler. Talvez me dê certa força o fato de viajar a todo momento, fazendo shows para públicos os mais variados, conhecendo gente. Gosto muito do que faço. Tenho inúmeros amigos jovens e convivo com crianças. Agradeço todos os dias por poder fazer as coisas de que gosto. Mesmo estando num mundo cheio de más notícias, cercado de violência – o que me afeta, é claro –, em que a estou vivendo. Para mim, envelhecer bemé viver a vida como ela me vem.”

Agnaldo Rayol | Cantor

Ficha Técnica

Elenco: Agnaldo Rayol, Orquestra, Coral e convidados

SERVIÇO

AGNALDO RAYOL – SHOW DE NATAL

Teatro J. Safra

Rua Josef Kryss, 318 – Barra Funda, São Paulo – SP, 01140-050

(11) 3611-3042

Apresentação: 07/12 (sexta-feira) – única apresentação

Horário: 21h

Classificação: Livre

http://www.teatrojsafra.com.br

Duração: 90 minutos

Ingressos:

Plateia Premium: R$ 140,00
Plateia VIP: R$ 120,00
Mezanino: R$ 90,00
Mezanino com visão parcial: R$ 60,00


Deixe um comentário >

Por Maria Celia de Abreu (coordenadora do ideac)

Gostamos de dizer que festas promovidas pelo Ideac são boas para velhos. Foi assim, por exemplo, com o Convescote no Guarujá (junho / 2017), com o Carnaval à Moda Antiga (fevereiro / 2018) e recentemente com a Festa Caipira (junho / 2018).  Muitos nos questionam: o que quer dizer isso?

Isso quer dizer que o foco principal de todo o planejamento da festa é satisfazer o velho, respeitando suas características físicas e emocionais. Adultos jovens, adolescentes e crianças são muito benvindos, mas não são os convidados que mais queremos agradar.

As condições ambientais são pensadas para serem apropriadas e agradáveis para velhos: há assentos disponíveis, há espaço suficiente para não se gerarem filas e aglomerações, as toaletes são alcançados sem escadas, o som ambiente fica num volume audível, mas que permite conversas em tom normal, o horário é vespertino.

Além disso, as músicas são cuidadosamente selecionadas, procurando remeter à memória afetiva do velho; as danças propostas envolvem movimentos simples, pouca habilidade e nenhuma exigência de que se forme um par homem-mulher.  Em brincadeiras coletivas, os envolvidos não se sentem testados, nem são forçados a se exibir a contragosto; se há prendas e presentes, estes são pensados para agradar a pessoas mais velhas, e a homens e mulheres igualmente.

As comidas oferecidas, de qualidade, como se espera, também recebem atenção especial; por exemplo são fáceis de serem consumidas, e frituras não existem.

Cores, aconchego, alegria, liberdade, aceitação de limitações, referências a épocas passadas, estímulos a memórias afetivas, descompromisso com imagem projetada são elementos que estão sempre presentes em altas doses.

Essa tem sido nossa receita. Agora foi revelada. Que surjam então muitas festas e que velhos sejam figuras centrais nelas!

Receita de sucesso

Se depender das mensagens recebidas por vários meios, a Festa Junina foi um sucesso. Ao Ideac e à Comissão Organizadora (Valeska Nakad, Cleide Martins, Ivani Cardoso, Sônia Fuentes e Maria Celia de Abreu) foram enviadas muitas mensagens por whatsapp, e umas poucas por e-mail, dando-nos feedback sobre essa nossa comemoração que honra as raízes do folclore brasileiro.  Foi a primeira vez que o Ideac se aventurou a oferecer uma Festa Junina, sempre fiel à diretriz de atender primordialmente ao idoso, e essas mensagens nos asseguram que valeu a pena!

Compartilhamos com vocês algumas delas:

Mensagens fazendo comentários genéricos:

– A festa foi muito boa!

– Deliciosa festa caipira

– Que delícia de festa junina!

– Foi muito legal!!

– Que bela festança!

– Diverti bastante!

– Fiquei feliz em ter participado da Festa Junina do Ideac.

– Estava muito gostoso! Adorei!

– Adoramos a festa junina! Muito aconchegante e linda. O pessoal estava alegre e dançante.

– Tá tudo um primor e no maior capricho! Parabéns ela organização da festança!

– Linda festa. Parabéns turma trabalhadeira. Adoramos!

– Fizemos valer aquele momento da Festa Junina, com certeza!

 

Houve agradecimentos:

– Obrigada!!! Adorei a festa.

– Agradeço mais esta oportunidade de viver lindos momentos!

– Agradecemos pelo convite e acolhida. Foi muito agradável.

– Minha mãe, minha irmã e eu… agradecemos pela atenção, carinho, acolhida…

 

Alguns comentários destacaram aspectos específicos:

– A Festa Junina do Ideac estava o máximo, caprichada na decoração, doces divinos, animadíssima! Amei!!!

– Privilégio meu estar em companhia de pessoas tão incríveis! Mega feliz com o resultado! Fiquei emocionada com a quadrilha e com a alegria das crianças nas brincadeiras – foi lindo! Parabéns a todas.

– Adorei! Turma como sempre muito animada e divertida. Fora as prendas! Putzgrila!!! As meninas fizeram a festa e voltamos com a sacola cheia! Não eram prendas, eram presentes! Parecia aniversário.

– Adorei as pessoas, adorei o lugar e principalmente a música cantada maravilhosamente juntamente com conjunto.

– O local escolhido é encantador e a organização foi excelente nos enfeites, jogos, músicos e na quadrilha – não dançava em uma desde a infância!

– A quadrilha foi muito legal!

– A Lucy grávida estava demais.

– Parabéns aos dançarinos!!!

– Jader e Deca arrasaram na dança.

– Casal animado, hein?

– Arrasaram!!!

– O grupo é muito simpático e gostei bastante das pessoas com quem conversei. Foi uma tarde agradabilíssima.

 

Também recebemos protesto e sugestão:

– Estava ótima, adorei, pena que terminou cedo…

– Quero mais festa junina!


Deixe um comentário >

Domingo (4) é dia de serpentina, marchinhas, fantasias e muita animação como nos velhos Carnavais. O Ideac realiza o Carnaval à antiga, das 14 às 18 horas, em uma chácara aconchegante na Granja Viana. A produção da festa fica por conta do ator, professor e diretor Jorge Julião. A fantasia faz parte da festa, mas quem ainda não encontrou a sua pode improvisar com máscaras, colares, maquiagem e muita animação. O mais importante é vestir a fantasia da alegria e curtir a festa, conhecer novas pessoas, brincar, cantar e dançar em um clima saudável. Além da música, haverá batidinhas, cerveja, água e sucos e algumas comidinhas para garantir energia para a folia.


Deixe um comentário >

Era 1899 e surgia a primeira marchinha carnavalesca registrada na história do carnaval brasileiro. Chiquinha Gonzaga fez a canção para a escola Rosas de Ouro do Rio de Janeiro, o que impulsionou o sucesso da escola e também se tornou a sua canção mais popular e ajudou a marcar definitivamente esse gênero. Ela morava no bairro do Andaraí onde o cordão Rosa de Ouro tinha a sua sede. Naquela tarde ensaiavam. A maestrina sentou ao piano e compôs a música inspirada no cordão. Bom para nós que até hoje cantamos sua marchinha.

E por que a força das marchinhas continua? João Roberto Kelly disse certa vez:  “O samba-enredo você escuta nos desfiles do sambódromo, mas para os blocos, ruas e nas piadas, para dançar sozinho ou em grupo, o ritmo é a marchinha”. Regina Duarte e Gabriela Duarte interpretaram a autora em uma minissérie de sucesso da TV Globo. Olha só, também é um tema para a fantasia.

Recordar é muito bom e você pode viver isso durante o Carnaval à antiga do Ideac, programado para o próximo domingo (4/02), das 14 às 18 horas em uma chácara na Granja Viana. Você escolhe a fantasia e o preço é R$ 110,00. Inclui toda animação, brincadeiras, comidinhas e bebidas (água, sucos, cerveja e refrigerante).

Informações: Inscrições pelo e-mail cadastro@ideac.com.br ou pelos telefones (11) 3885-0091 e (11) 99946-3554.

E para quem quer recordar, aqui vai nossa Chiquinha e seu O abre alas:

https://www.youtube.com/watch?v=m_vaRKqCDYM