IDEAC Instituto para o Desenvolvimento Educacional, Artístico e Científico


Deixe um comentário >

idoso

O envelhecimento crescente da população implica em muitas mudanças, inclusive nas estratégias das empresas para garantir o consumo dessa fatia de mercado. Entre 1960 e 2010 pelo IBGE e o critério de velho é 60 anos, a população do Brasil cresceu 170% e a de velhos cresceu 521%. Cresceu muito e esse fenômeno é mundial. “A mídia está alertando muito para isso. Os velhos estão aumentando. Em 2010 a expectativa de vida para ao homem 76 anos e para a mulher 78 anos. Isso para a média do Brasil. Grupos privilegiados têm acesso às informações, saúde, higiene, hábitos saudáveis. E a expectativa é de muito mais”, diz Maria Celia de Abreu, coordenadora do Ideac.

Justamente por isso, segundo ela, também os jovens precisam ficar atentos para essa nova realidade: “Graças a longevidade aumentada da população vocês vão ser velhos que vão conviver com velhos. O seu produto que pode ser um calçado, uma agência de turismo, um livro, um programa de rádio, vai ser consumido por velhos. O velho passa a ter uma importância porque eles se tornam clientes. Uma boa razão para atender as necessidades dos velhos. Muitos têm uma folguinha financeira e nessa situação de crise é muito grande o número de velhos que sustenta famílias.

Abram os olhos nos seus negócios para essa categoria de velho. Por isso é importante não rejeitar a velhice”.

O Ideac também dá consultoria para as empresas interessadas em pesquisar o universo do envelhecer. Temos muitas informações em nosso site (www.ideac.com.br), blog, face e twitter. Todas as redes sociais são acessadas pelo nosso site.

 

Anúncios